You are here:

Instituto de Análises Clínicas

Cardiologia

E-mail Imprimir

Ecocardiografia

Ecocardiograma bidimensional com colordoppler
Ecocardiograma bidimensional com colordoppler infantil
Ecocardiograma com análise do sincronismo cardíaco
Ecocardiograma com estresse não farmacológico (esforço em bicicleta ergométrica)
Ecocardiograma fetal com colordoppler
Ecovascular bidimensional com colordoppler

Médicos responsáveis:

Dra. Suely Correa Cardoso Santos
Médica Cardiologista especialista em Cardilogia, Ecocardiografia e em Cardiologia Pediátrica pela Sociedade Brasileira de Cardiologia/Associação Médica Brasileira

Dra. Uriet Regina Jorge Ferreira,
Médica Cardiologista especialista em Ecocardiografia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia/Associação Médica Brasileira

Dr. Ronaldo Heitor Canas
Especialista em angiologia e cirurgia vascular pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e Associação Médica Brasileira.

O que é?
São exames de ultrassonografia convencional, a qual é um método diagnóstico que se baseia na reflexão do som, sendo esta reflexão também chamada de eco. Quando o exame é realizado com Color Doppler, significa que além das habituais imagens fornecidas pelo aparelho de ultrassom são obtidas, também, imagens coloridas que permitem a avaliação do fluxo sanguíneo.Quando o órgão que está sendo estudado é o coração, o exame recebe o nome de ultrassom cardíaco ou ecocardiograma e deverá ser sempre utilizado o Color Doppler para a obtenção das imagens do fluxo sanguíneo.
Quando estão sendo analisados vasos, o exame é chamado ultrassom vascular - também necessariamente com Color Doppler para a avaliação do fluxo sanguíneo: o ecocolordoppler venoso (estudo de veias) e o ecocolor-doppler arterial (estudo de artérias).

Como é feito?
O ultrassom cardíaco ou ecocardiograma é feito com o paciente deitado na maca, ligeiramente apoiado em seu lado esquerdo do corpo, e o examinador vai tocando e deslizando o transdutor, que é a peça emissora e receptora de sons, em várias posições sobre a pele do tórax do paciente.No ultrassom vascular o paciente poderá estar deitado ou em pé, variando a posição conforme a finalidade do exame, e o transdutor será deslizado sobre a pele da região em que se localiza o vaso a ser estudado.

Demora muito?
O exame demora em média 15 minutos.

Causa dor?
Não há razão para doer. Poderá haver algum desconforto em pacientes que apresentam algum problema inflamatório local ou doenças debilitantes.

Qualquer médico pode fazer esses exames?
Esses exames são realizados por médicos especialistas na área de cardiologia e cirurgia vascular, com treinamento especial na área de ultrassonografia.

Que informações fornecem esses exames?
O ecocardiograma fornece dados anatômicos e funcionais do coração, tais como o tamanho e forma do coração, das suas cavidades (ventrículos, aurículas), das suas paredes, das válvulas cardíacas, o fluxo do sangue e o ritmo do fluxo (arritmias).O ecocolor-doppler venoso ou arterial informa o tamanho, forma, fluxo, dilatações, obstruções, ocorrência de fístulas.

Há algum risco?
Esses exames não se utilizam de Raios X e podem ser realizados inclusive em gestantes e crianças e repetidos quantas vezes se faça necessário.


Nota: É importante comparecer ao exame sem cremes ou pomadas na pele sobre o local a ser examinado, e trazer exames e relatórios de procedimentos realizados anteriormente.

Faça o agendamento deste exame pelo telefone (13) 3281-3000.

 

Holter de 24 horas

Médicos responsáveis:

Dr. Silvio Carlos de Moraes Santos
Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia/Associação Médica Brasileira
Doutor em Cardiologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo- InCor

Dr. Fernando Jota de Paula
Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia/Associação Médica Brasileira

O que é?
Também conhecido como: Eletrocardiograma de 24 horas, Eletrocardiografia Dinâmica, Eletrocardiografia Ambulatorial, Holter de 3 Derivações, Monitorização Eletrocardiográfica Ambulatorial ou Eletrocardiografia Dinâmica.
As alterações do ritmo cardíaco, chamadas de arritmias cardíacas, geralmente aparecem de forma inesperada e com freqüência de eventos muito baixa, de tal forma que o médico pode não detectá-las no momento do exame clínico, ou durante o eletrocardiograma convencional de repouso.
Para diagnosticar arritmias a qualquer momento e sem a presença do médico, foi criado um sistema para o registro contínuo do eletrocardiograma durante as atividades do dia e da noite, durando 24 horas; é o chamado HOLTER de 24 HORAS, que aumenta muito a probabilidade de diagnosticar a arritmia. Já se dispõem de aparelhos que permitem registrar o eletrocardiograma durante até 15 ou 30 dias, para detectar arritmias de aparecimento muito esporádico. 
Durante a realização do exame, o paciente preenche um relatório de atividades e de sintomas, para que o médico possa estabelecer a correlação desses dados com a arritmia presente na gravação do eletrocardiograma contínuo.

Como é feito ?
O paciente, no dia e hora marcados previamente, é submetido ao preparo da região anterior do tórax (limpeza da pele e raspagem dos pelos, quando necessário). A seguir, são colocados 04 eletrodos em pontos do tórax e conectados por fios ao aparelho de registro do eletrocardiograma, o qual é fixado por um cinto na cintura do paciente. Estes aparelhos são levíssimos e de dimensões reduzidas.

Há algum risco em fazer esse exame?
Não há nenhum risco na realização do exame, pois não há raios-X nem eletricidade envolvida, podendo ser feito em qualquer idade, inclusive em gestantes. Após a instalação do aparelho e das orientações necessárias, o paciente é liberado, podendo fazer quase todas as suas atividades habituais (com exceção de exercícios muito intensos). Após 24 horas ele retorna para a retirada do aparelho. 
A gravação é interpretada pelo médico cardiologista especializado em arritmias, com auxílio de programas especiais de computador, para elaborar o laudo do exame. 
O prazo para entrega do resultado é de 03 dias úteis.

Preparo prévio
Solicita-se ao paciente:

- tomar banho antes do exame, pois ficará impossibilitado de tomar banho nas 24 horas de duração do teste.
- usar cinto de até 3 cm de largura, que ajudará fixar o aparelho na cintura. Não comparecer usando camisa ou blusa muito justa, porque ao retirá-la poderá deslocar os eletrodos.
- não usar cremes, pomadas ou bronzeadores nas 24 horas anteriores à instalação do exame.
- manter os medicamentos em uso (a não ser que o seu médico indique ao contrário).
- nos portadores de marca-passo artificial, trazer cópia com as informações a respeito do aparelho.

Este exame é agendado pelo telefone (13) 3281 3000

 

MAPA (Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial)

Médicos Responsáveis:

- Dr. Silvio Carlos de Moraes Santos
Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia/Associação Médica Brasileira
Doutor em Cardiologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo- InCor

- Dr. Carlos Alberto Cyrillo Sellera
Especialista em Cardiologia pela SBC/AMB
Chefe do Serviço de Cardiologia da Santa Casa de Misericórdia de Santos
Responsável pela Cadeira de Cardiologia da Faculdade de Medicina da UNIMES
Mestrado pela UNIFESP

O que é ?
È também conhecido como: Holter de Pressão Arterial, Holter de Pressão ou Monitorização da Pressão Arterial.
A medida da pressão arterial, até algum tempo atrás, só era possível com o paciente imóvel (deitado ou sentado) e no consultório. A Medicina já sabia que a pressão arterial, sofria modificações, de instante a instante, ao longo das atividades da vida diária. Atualmente ela dispõe de aparelhos de pressão portáteis, que podem efetuar inúmeras medições durante o dia e a noite. Estas medições durante 24 horas, efetuadas a cada 15, 20 ou 30 minutos, a critério do médico, é o exame conhecido pela sigla M.A.P.A. (Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial). 
Este exame é muito importante para identificar pacientes que referem períodos de hipertensão, mas não a apresentam nas medições no consultório, e o inverso, pacientes só hipertensos no consultório, a chamada "hipertensão do avental ou do jaleco branco"; situações em que o diagnóstico só é possível pela M.A.P.A. O exame também tem indicação para o médico verificar se o tratamento instituído está controlando a pressão arterial de modo efetivo.

Como é feito ?
O paciente, no dia e hora marcados previamente, comparece à clínica onde será colocado um manguito no seu braço (idêntico ao dos aparelhos de pressão usados em consultório), conectado ao aparelho eletrônico que armazena os resultados das medições. Esse aparelho fica apenso na cintura do paciente e é de tamanho e peso, confortáveis. O paciente receberá orientações adequadas sobre como proceder a cada medida da pressão. Após 24 horas, retornará à clínica para retirada do aparelho. Durante o exame, ele deverá preencher um relatório detalhando as suas atividades, inclusive para informar o período de repouso e vigília.
Os dados da memória do aparelho serão analisados pelo médico cardiologista, com auxílio de um programa de computador específico, que irá elaborar o laudo da M.A.P.A. 
O prazo para entrega do resultado é de 03 dias úteis. 
A idade mínima da realização do exame é em torno de 10 anos, pois há necessidade da colaboração ativa do paciente e, de preferência, realizada em um dia em que ele exerça suas atividades habituais. 

Preparo prévio
Solicita-se ao paciente:

- tomar banho antes da instalação do aparelho, pois ficará impossibilitado de tomar banho durante as 24 horas de execução do teste.
- elaboração do diário de atividades.
- relação dos medicamentos, especialmente os de controle da pressão, com as doses e horários de tomada.
- verificar com o médico assistente se o exame deverá ser feito na vigência do uso dos medicamento para a pressão.
- comparecer usando camisa ou blusa de manga curta e folgada. Uso de cinto, que ajudará a fixar o aparelho na cintura.

Este exame é agendado pelo telefone (13) 3281 3000

 

Teste ergométrico

Médicos Responsáveis:
- Dr. Carlos Alberto Cyrillo Sellera

Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia/Associação Médica Brasileira
Chefe do Serviço de Cardiologia da Santa Casa de Misericórdia de Santos
Responsável pela Cadeira de Cardiologia da Faculdade de Medicina da UNIMES
Mestrado pela UNIFESP

- Dr. Fábio de Freitas Guimarães Guerra
Especialização em Cardiologia - HCor/SP
Treinamento em Ergometria - HCor/SP
Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia/Associação Médica Brasileira
Especialista em Ergometria pela Sociedade Brasileira de Cardiologia/Associação Médica Brasileira

O que é?
Teste Ergométrico, Teste de Esforço ou Teste sob estresse físico é um exame complementar de diagnóstico cardiológico, realizado por um médico cardiologista habilitado, que consiste em submeter o paciente a um esforço físico graduado e monitorado com eletrocardiograma, objetivando aumentar sua demanda metabólica global e em especial a demanda metabólica do coração. A finalidade é a de avaliar, entre outras variáveis, a aptidão cárdio-respiratória global do indivíduo e a eventual existência de isquemia no músculo cardíaco.

Qual é a indicação para este exame? 
O Teste Ergométrico tem por finalidade avaliar:
• Aptidão cardio-respiratória.
• Presença de isquemia miocárdica.
• Prognóstico da doença arterial coronária.
• Arritmias desenvolvidas durante o esforço.
• Comportamento da pressão arterial ao esforço.
• Avaliação funcional de atletas ou indivíduos que queiram iniciar programa de atividade física com segurança.

Como é feito? 
O esforço pode ser realizado, geralmente, através de esteira ou bicicleta.
O paciente é monitorado através de um eletrocardiograma de 12 ou 13 derivações, durante o repouso e o esforço, e concomitante medida da pressão arterial.
A freqüência cardíaca (FC) teórica máxima a ser atingida durante o esforço é calculada pela subtração de 220 pela idade, por exemplo, uma pessoa com 40 anos deve atingir uma FC máxima de 180 batimentos por minutos (bpm).
A FC submáxima é obtida calculando-se 85% do valor da FC máxima, e o indivíduo deve atingi-la para tornar o exame eficaz para a análise de isquemia do miocárdio.
Atualmente, procura-se fazer o paciente alcançar o esforço máximo, isto é, próximo da exaustão. 
Existem vários protocolos para executar o esforço físico, sendo mais utilizado o protocolo de Ellestad, o de Bruce e o de Rampa. Escolhe-se o protocolo de acordo com a finalidade do exame, a idade do paciente, o gráu de condicionamento físico pré-existente, respeitando-se também as eventuais limitações que o executante apresente. 
A variável mais importante para analisar a presença de isquemia miocárdica é a alteração do traçado do eletrocardiograma. 
Deve ser, também, analisado o comportamento da pressão arterial, o nível de cansaço do executante e sua proporcionalidade com o nivel de esforço realizado, e a presença de tontura, falta de ar e dor no peito que tenham sido desencadeadas pelo esforço, ou mesmo na fase de recuperação. 
A recuperação é a fase do exame após terminado o exercício, e na qual também há a possibilidade de ocorrerem alterações.

Acurácia
Pode ocorrer a presença de resultados falsos positivos e falsos negativos no Teste Ergométrico, diminuindo portanto sua especificidade e sensibilidade.
Os falsos positivos ocorrem principalmente em mulheres de meia idade e em indivíduos com alteração prévia no eletrocardiograma de repouso.
Também podem ocorrer os exames falsos negativos, quando o teste não consegue detectar alteração e o paciente apresenta doença coronária.
O teste ergométrico é um exame complementar e, portanto, nem sempre capaz de fornecer o diagnóstico buscado. Deve-se associar ao resultado do exame, a avaliação clínica criteriosa, com história, exame físico e, eventualmente, outros exames para aumentar a chance de obter-se o diagnóstico adequado e preciso.

Há algum risco nesse exame?
O Teste Ergométrico é um exame não-invasivo e que apresenta baixíssimos índices de complicações na população geral.

Como é o preparo para o exame?
Como preparo, solicita-se que o paciente não execute exercício intenso 24 horas antes do exame, faça uma alimentação leve em torno de 1 a 2 horas antes da realização do teste e, se for o caso, abstenha-se de fumar 30 a 60 minutos antes. Comparecer trazendo uma toalha de rosto e calçado para corrida (tênis). Cada exame dura aproximadamente 30 minutos: colocação dos eletrodos no tórax, fase pré-esforço, esforço e recuperação. O resultado é liberado, aproximadamente, 15 minutos após o término do exame.

Este exame deve ser agendado pelo telefone (13) 3281 3000

 

TILT teste

Médica Responsável:

Dra. Ana Lucia Nunes Pereira
Especialista em Cardiologia pela .  Sociedade Brasileira de Cardiologia/Associação Médica Brasileira
Mestrado e especialização em Eletrofisiologia e Arritmias pela UNIFESP

O que é?
O TILT teste é o exame que avalia a resposta cardiológica a mudanças da postura corporal.
É muito usado na investigação de desmaios (síncopes) ou tonturas de origem vaso-vagais
Nesse teste são avaliadas a pressão e freqüência cardíaca, induzidas por alterações na postura corpórea.  Para tal se usa de uma maca especial cuja posição é alterada de acordo com um protocolo padronizado.
As alterações posturais devem produzir respostas cardiológicas que trafegam através do sistema nervoso autonômico, cuja integridade é avaliada neste exame.  Perto de 50% dos casos de síncope são devidos a reflexos vaso-vagais, confirmados pelo TILT Teste.

Qual é o preparo para o exame?
O teste requer jejum de pelo menos 6 horas.  Alguns medicamentos como os beta-bloqueadores e diuréticos poderão ser suspensos antes do exame, de acordo com a solicitação do médico assistente.
O exame dura cerca de uma hora.

Há algum risco ao se submeter a esse exame?
O tilt-test é um exame seguro, não tendo sido relatados na literatura médica complicações graves decorrentes do exame. Caso ocorra a síncope, o risco de trauma é praticamente inexistente devido o (a) paciente estar com cintos que o suportam na maca de exame. Em alguns pacientes a causa da síncope pode ser devida uma arritmia. Neste caso o coração pode bater lentamente ou bater muito rápido. Em ambas as situações a equipe médica interromperá o exame ao perceber qualquer anormalidade no eletrocardiograma e normalmente essas alterações cessam com o retorno da maca à posição inicial.
O paciente deverá vir acompanhado, pois, após o término do exame, não é aconselhável ir embora dirigindo.

Este exame deve ser agendado pelo telefone (13) 3281 3000

 

Cardiologia do esporte ( avaliação de atletas)

Médico responsável:

Dr. Carlos Alberto Cyrillo Sellera
Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia/Associação Médica Brasileira
Chefe do Serviço de Cardiologia da Santa Casa de Misericórdia de Santos
Responsável pela Cadeira de Cardiologia da Faculdade de Medicina da UNIMES
Mestrado pela UNIFESP

Entrar em contato pelo telefone 3281-3000 para agendamento

 
 

Coleta Domiciliar O Instituto mantém veículos e equipes especializadas para efetuar coleta a domicílio dos materiais destinados a exames.
Saiba mais

SUA SAÚDE
Ervas medicinais e suplementos: quando não usá-los.

Atualmente um grande número de pessoas utilizam ervas medicinais sem o conhecimento de seu médico. Saiba mais

Atendimento Antecipado
Para conveniência dos pacientes, no mesmo dia depois da consulta com o seu médico.Saiba mais
Esteja a salvo da influenza (GRIPE). Saiba mais

Medicina Diagnóstica

Faça todos os seus exames com a excelência em qualidade do IACS.

SERVIÇOS

Medicina Ocupacional

Solução completa para sua empresa.